Ministério Público de Ferreira do Alentejo acusa cinco pessoas de auxilio à imigração ilegal

Justiça

O Ministério Público de Ferreira do Alentejo deduziu, no passado dia 22 de Julho, acusação perante Tribunal Colectivo contra cinco indivíduos imputando, a quatro deles, a prática em co-autoria material de dezoito crimes de auxílio à imigração ilegal.

A um outro arguido foi imputada a prática de seis crimes de auxílio à imigração ilegal e ainda a prática de dois crimes de suborno.

O Ministério Público pediu ainda que os arguidos fossem condenados no pagamento de uma compensação económica às vítimas – todas de nacionalidade estrangeira – a fixar por critérios de justa ponderação pelo Tribunal.

Os arguidos encontram-se a aguardar os ulteriores termos do processo em liberdade provisória.