MeteoAlentejo instalou equipamentos meteorológicos em Castelo de Vide, Crato e Nisa

Meteoalentejo

A Associação MeteoAlentejo instalou, nos últimos dias, mais três novas estações meteorológicas no Alentejo, consolidando-se assim como a maior rede regional de meteorologia de Portugal. Com a disponibilização gratuita da previsão do estado atual do tempo, de várias localidades do Alentejo, esta associação está a prestar à população um serviço público.

Recentemente a MeteoAlentejo instalou estações em Castelo de Vide, Crato e Nisa, as duas primeiras em parceria com as Associações de Bombeiros locais e no caso de Nisa através de um protocolo com a Câmara Municipal. 
Com a instalação de mais estas três estações, a rede MeteoAlentejo fica com 48 equipamentos espalhados por todo o Alentejo, num investimento com fundos próprios e também em colaboração com várias entidades.
À semelhança de outras já instaladas, estes equipamentos vão disponibilizar em tempo real o estado do tempo nesta localidade, concretamente a temperatura, humidade, precipitação, vento, pressão atmosférica.
Atualmente tem em funcionamento 48 estações instaladas em Serpa, Beja, Ferreira do Alentejo, Amareleja, Mértola, Moura, Almodôvar, Castro Verde, Aljustrel, Vidigueira, Barrancos, Sines, Vila Viçosa, Mourão, Évora, Redondo, Estremoz, Arraiolos, Mora, Portalegre, Campo Maior, Marvão, Alcácer do Sal, Santiago do Cacém, Grândola, Alter do Chão, Fronteira, Mora, Arraiolos, Gavião, Alvito, Avis, Viana do Alentejo, Ponte de Sôr, Vendas Novas e Montemor-o-Novo, Ourique, Borba, Monforte, Elvas, Herdade da Bemposta,  Reguengos de Monsaraz,  Quinta do Maral, Arronches, Crato, Castelo de Vide e Nisa
Recorde-se que a MeteoAlentejo trata-se de uma Associação sem fins lucrativos, que diariamente presta um serviço público, disponibilizado informações meteorológicas no site www.meteoalentejo.pt