Médico Alentejano integra a Comissão Nacional de Trauma

Concurso para contratar médicos

O Ministério da Saúde renovou o mandato da Comissão Nacional de Trauma, criada em 2017, da qual faz parte um médico alentejano, que representa a Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo.

Trata-se do Médico Arquimínio Eliseu, de Évora, faz parte desta comissão, representando a ARS Alentejo.

Recorde-se que esta comissão foi criada com vista à continuidade da definição e concretização das medidas estratégicas para a melhoria do desempenho da emergência pré e intra-hospitalar, da abordagem hospitalar e do acompanhamento subsequente do doente traumatizado.

A Comissão é presidida por António Marques da Silva e integra representantes dos diversos organismos do Ministério da Saúde com atribuições no domínio da saúde e da gestão dos seus meios especialmente relevantes para a coordenação respeitante ao trauma.

O despacho assinado pelo Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, reconhece que a “necessidade de continuidade do investimento numa melhor organização multiprofissional e multidisciplinar ao longo da cadeia de socorro, tratamento, e reabilitação, intercetando as fases pré-hospitalar, intra-hospitalar e inter-hospitalar, procede-se à definição de um conjunto de medidas com o objetivo de implementar e acompanhar o tratamento do doente traumatizado”.

Neste contexto, a Comissão tem a duração de 2 anos e deverá apresentar até 31 de março deste ano, o Plano de Atividades.