Marvão volta a recuar no tempo, com edição reduzida de “AL MOSSASSA”

al mossassa 2021

Após um ano de interregno devido à pandemia de COVID-19, Marvão volta a celebrar as suas origens e o seu fundador, o guerreiro islâmico Ibn Maruan, nos dias 1 e 2 de outubro, com dois espetáculos que vão decorrer, exclusivamente, no Pátio do Castelo.

Com início agendado para as 21h30 de sexta-feira e sábado, estes espetáculos são de entrada gratuita, mas estão sujeitos a reserva prévia (Posto de Turismo: 245 909 131), devido à lotação limitada de lugares.

Já os habituais mercados de rua, demonstrações de artesanato ou espaços de restauração, serão adiados para a edição do próximo ano.

Acreditamos que, ao criar formas alternativas e inovadoras de promover estes grandes eventos, temos condições de os promover em contexto de pandemia e em segurança. Não podíamos deixar de celebrar esta grande festa, reconhecida no Alto Alentejo e também na região da Extremadura espanhola. Assim sendo, decidimos promover um festival num formato diferente, mas que irá certamente ser igualmente memorável”, explica Luís Vitorino, presidente da Câmara Municipal de Marvão.

No próximo ano, Marvão vai voltar a recuar no tempo, até ao séc. IX, num espaço aberto à imaginação e à história, repleto de fabulosas recriações e animações, numa celebração cultural única, onde coabitam os legados islâmico, judaico e cristão.

O regresso do Festival Al Mossassa a Marvão está agendado para os dias 30 de setembro, 1 e 2 de outubro de 2022.