Marvão: SEF deteta condenado por tráfico de droga e porte de arma ilegal

Fronteira de Marvão

O SEF anunciou hoje que detetou no ponto de passagem autorizado de Marvão um cidadão estrangeiro condenado em Espanha por tráfico de droga e por porte de arma ilegal, que foi entregue às autoridades espanholas.

Em comunicado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras refere que o cidadão, sob o qual pendia uma medida de interdição de saída de Espanha, foi detetado na sexta-feira e foi entregue às autoridades espanholas para efeitos de cumprimento de pena.

O SEF adianta que durante uma revista à viatura do detido, os inspetores encontraram 19 testes falsos à covid-19, com datas posteriores a 17 de abril, e mais de sete mil euros, bem como um passaporte que apresentava indícios de falsificação.

As fronteiras entre Portugal e Espanha estão fechadas desde janeiro devido à pandemia de covid-19, sendo apenas permitida a passagem, em 18 pontos autorizados, ao transporte internacional de mercadorias, trabalhadores transfronteiriços e de caráter sazonal devidamente documentados, veículos de emergência, socorro e serviço de urgência.