Quinta-feira, Maio 23, 2024

Mais de 700 condutores detetados a usar telemóvel em sete dias

- Pub -

Mais de 700 condutores foram detetados a utilizar o telemóvel durante a condução, segundo os dados divulgados hoje da campanha “Ao volante, o telemóvel pode esperar” realizada na última semana.

Em comunicado conjunto, a Polícia de Segurança Pública (PSP), a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), e a Guarda Nacional Republicana (GNR), revelam que fiscalizaram 50,3 mil veículos, entre 07 e 13 de maio, e detetaram 22,6 mil infrações.

A ANSR fiscalizou cerca de 4,4 milhões de veículos, tendo sido registadas cerca de 12 mil infrações, mas nenhuma relativa ao uso indevido de telemóvel.

Por sua vez, a GNR fiscalizou cerca de 124 mil veículos e registou 6.211 infrações, entre as quais 535 relativas ao uso do telemóvel.

A PSP fiscalizou 47.196 veículos em todo o país e detetou 178 condutores a utilizar o telemóvel indevidamente durante a condução.

Ao longo da campanha da ANSR, GNR e PSP, foram contabilizados cerca de 2.732 acidentes, de que resultaram 10 vítimas mortais, 57 feridos graves e 886 feridos ligeiros.

Os acidentes com vítimas mortais ocorreram nos distritos de Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Lisboa, Setúbal, Évora e Beja.

De acordo com os dados da PSP, no mesmo período de 2023 verificaram-se menos 22 acidentes e mais quatro vítimas mortais, mais 11 feridos graves e menos oito feridos ligeiros.

Segundo o comunicado da PSP, esta campanha foi a quinta das 12 previstas no Plano Nacional de Fiscalização da PSP de 2024, que tem como temas prioritários a velocidade, o álcool, os acessórios de segurança e o telemóvel, e um novo tema relacionado com a fiscalização de veículos de duas rodas a motor.

- Pub -

Também pode gostar

- Pub -

Últimas Notícias

AF Beja: Final da Taça de Honra da 1ª Divisão disputa-se em Castro Verde

No Estádio Municipal 25 de Abril, em Castro Verde, será disputada a final da Taça de Honra da 1.a...