Mais de 50 alunos participaram na ‘7ª edição do Concurso de Flauta de Bisel Município de Redondo’

Flautas

Decorreu, este ano letivo, a ‘7ª edição do Concurso de Flauta de Bisel Município de Redondo‘ que, apesar da época de pandemia que ainda atravessamos, e também pelo ajuste feito nas escolas relativamente à participação dos alunos em atividades, os candidatos tiveram que realizar a sua participação através do envio de vídeos.

Participaram no concurso 59 alunos de vários Agrupamentos de Escolas de todo o País, e para o concurso deste ano, foi criada a categoria dos Alunos do Ensino Artístico, além da categoria já existente – Alunos da AEC de Ensino da Música.

Segundo a organização “o 7º Concurso de Flauta de Bisel ‘Município de Redondo’ tem como principias objetivos dar visibilidade ao trabalho realizado pelos alunos, nomeadamente na área de ensino da música do 1º ciclo, proporcionando a oportunidade e o reconhecimento aos participantes que, ao longo do ano letivo, manifestaram competências essenciais ao nível da interpretação instrumental de participarem num concurso que lhes exige responsabilidade, dedicação e gosto pela música A iniciativa visa ainda criar rotinas de prática instrumental, utilizando para as respetivas interpretações a Flauta de Bisel“.

Do júri do concurso fizeram parte Alexandre Vieira, da seção cultural da Câmara Municipal de Redondo e do Projeto de percussão tradicional Tomba Lobos da Fénix – Associação de Músicos de Redondo; o maestro Damien Nunes, da Banda e do Coro Polifónico da Sociedade Filarmónica Municipal Redondense (SFMR); o professor Pedro Sousa, da seção dos metais da Banda da SFMR, professor de Formação Musical e do projeto Tomba Lobos da Fénix; e o professor Gonçalo Vidigal, responsável pela docência da classe de percussão da Escola de Música da SFMR e da Fénix.

Nas sete edições do concurso promovido pela autarquia de Redondo já participaram mais de 800 alunos de Agrupamentos de Escolas de todo o País.