Investimento de 450 milhões em Mértola. Uma central solar com mais de 1 milhão e 200 mil painéis solares

O concelho de Mértola irá receber em breve a maior central fotovoltaica do país, num investimento que rondará os 450 milhões de euros.

O projecto e o estudo de impacte ambiental foi esta sexta-feira colocado em consulta pública, que terminará a 7 de Fevereiro de 2020.

O projecto da empresa Fermesolar abrange uma área de implantação aproximada de 703 ha, ocupados pelas várias infraestruturas que compõem a Central Solar. A área do Projeto localiza-se no concelho de Mértola, sendo que o corredor da Linha Elétrica, com cerca de 18,6 km, desenvolve-se ao longo do território dos concelhos de Mértola, Alcoutim e Tavira.

Este projecto foi pensado como demonstração, conciliando à produção solar fotovoltaica a partir de painéis de filmes finos da última geração, a associação do armazenamento de energia em baterias de iões de lítio da última geração.

A Central Solar será constituída por 1.267.200 painéis que correspondem a uma potência total instalada de 557.568.000 Wp.

Estima-se que o número de trabalhadores, na fase de construção, de entre os vários empreiteiros (construção civil, eletromecânica, equipa de transporte, montagem), equipas de fiscalização, Dono de Obra, Acompanhamento Ambiental e Arqueológico, seja cerca de 200 trabalhadores, em média.