Infraestruturas de Portugal vai investir cerca de 2,1M€ em cinco concelhos do Baixo Alentejo

Investimento na estrada

A empresa Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou, esta sexta-feira um investimento de 2,1 milhões de euros no Baixo Alentejo, nomeadamente na execução trabalhos de pavimentação em diversas estradas da rede rodoviária nacional do distrito de Beja.

Segundo a IP, “estes trabalhos têm como principal objetivo melhorar o desempenho funcional e prolongar o tempo de vida útil do pavimento, associando-se ainda a execução de trabalhos de drenagem, reformulação da sinalização horizontal.”

As intervenções de beneficiação “são divididas em três lotes, envolvem a pavimentação e remarcação da sinalização horizontal de um total de 29 quilómetros de estradas e representam um investimento global de cerca de 2,1 milhões de euros na melhoria dos níveis de conforto e segurança rodoviária nos concelhos do Alvito, Aljustrel, Castro Verde, Cuba e Vidigueira”, adiantou-nos fonte da IP.

As estradas objeto de beneficiação são as seguintes:

– EN328, troço com cerca de 8 quilómetros no concelho do Alvito, entre os quilómetros 5 e 13;

– ER2, troço com cerca de 13 quilómetros nos concelhos de Aljustrel e Castro Verde entre os quilómetros 627 e 640;

– EN387, troço com 7,5 quilómetros nos concelhos de Cuba e Vidigueira, entre os quilómetros 20,5 e 28 em Vila de Frades.

A realização destas empreitadas, que se prevê estarem concluídas no final do próximo mês de janeiro, obriga à implementação de restrições à circulação por forma a garantir as condições de segurança dos trabalhadores e automobilistas.