Infraestruturas de Portugal investiu 124 mil euros para proteger sapos e corujas na estrada entre Évora e Montemor

Num investimento de cerca de 124 mil euros, a Infraestruturas de Portugal concluiu a empreitada para a instalação de vedações para encaminhamento de voo de corujas e de barreiras de protecção de anfíbios, no troço da EN 114 localizado no concelho de Montemor-o-Novo, distrito de Évora.

De acordo com a Infraestruturas de Portugal, “as intervenções realizadas incluíram a adaptação estrutural da via, ao longo de um troço de cerca de 360 metros da EN114 (entre o Km 163 e 164)”, acrescentando que “neste local foram executadas barreiras longitudinais para evitar a entrada de anfíbios na estrada, encaminhando-os para duas Passagens Hidráulicas ali existentes. Estas foram adaptadas de forma a auxiliar o atravessamento, nomeadamente com a execução de rampas que facilitam o acesso dos anfíbios.”

A empresa pública adianta ainda que “mais à frente na EN114 em dois locais bem próximos, no Pontão de Pégoras ao quilómetro 168,6 e junto ao Pontão da Serra de Pégoras localizado ao quilómetro 169, foram instaladas redes metálicas de malha apertada, destinadas a assegurar o encaminhamento de voo de corujas-do-mato.”

À implementação destas estruturas de protecção seguir-se-á um longo período de monitorização e análise dos resultados, de modo a assegurar a validade das soluções criadas.

De salientar que esta intervenção foi desenvolvida no âmbito do projecto LIFE LINES – Rede de Infraestruturas Lineares com Soluções Ecológicas, cofinanciado pela Comissão Europeia, e que tem como principais objectivos:

Trata-se de um projecto português pioneiro na Europa, desenvolvido em conjunto por sete entidades, entre as quais a Infraestruturas de Portugal, e coordenado pela Universidade de Évora. Este projecto visa promover a criação de Infraestruturas Verdes de suporte ao incremento e conservação da biodiversidade, no âmbito do qual serão implementadas uma série de medidas minimizadoras que levem à redução da mortalidade da fauna na área do Alentejo Central.