Infraestruturas de Portugal concluiu investimento de 2,2M€ na linha ferroviária, no concelho do Crato

Linha férrea no Crato
dav

A empresa Infraestruturas de Portugal deu por terminadas duas obras de renovação de via na Linha do Leste, entre os km 194,450 e 199,815 no concelho do Crato, constituindo-se estas como a última fase do projeto integrado de reabilitação da Linha do Leste.

Segundo explica a empresa, as empreitadas, com um investimento global associado de 2,2 milhões de euros, contemplaram os seguintes trabalhos:

– Substituição integral de travessas de madeira por travessas de betão bibloco;

– Substituição de fixações e carril e transformação de barra curta em barra longa soldada;

– Desguarnecimento de via com aplicação de balastro granítico e manta geotêxtil;

– Rebaixamento de passeios;

– Construção de contenções guarda balastro;

– Aumento da rasante de via em cerca de 10 cm.

“Com os trabalhos realizados nas diferentes fases, com um investimento global que ascende aos 29 milhões de euros, foram reforçadas as condições de segurança na Linha do Leste, melhoradas as condições de operacionalidade, assim como a eficiência e competitividade da exploração ferroviária”, indica a IP.

Recorde-se que a Linha do Leste com 140km de extensão, liga a Estação de Abrantes, na Linha da Beira Baixa, à fronteira em Elvas, pelo que “assume-se como corredor alternativo de ligação ao Centro – Norte a partir do futuro Corredor Internacional Sul, o qual tem por objetivo reforçar a conexão ferroviária dos portos e das zonas industriais e urbanas localizadas no sul de Portugal quer a Espanha, quer ao resto da Europa”, conclui a Infraestruturas de Portugal.