Domingo, Agosto 14, 2022
Pub
Pub

Infarmed autoriza cultivo, importação e exportação de cannabis a empresas que trabalham em Reguengos de Monsaraz e Aljustrel

- Publicidade -
- Publicidade -

O Infarmed – Autoridade Nacional do medicamento, autorizou mais cinco empresas a cultivar, importar e exportar a planta de canábis para fins medicinais.

Segundo avançou esta semana o Infarmed à Agência Lusa, “atualmente encontram-se autorizadas cinco entidades para atividades de cultivo, importação e exportação da planta da canábis para fins medicinais, num total de área de cultivo autorizada de 120 hectares”.

Segundo a Lusa, estão assim autorizadas ao cultivo, importação e exportação da planta de canábis para fins medicinais a “Tilray Portugal”, na zona de Cantanhede e Reguengos de Monsaraz, que tem também um certificado de Boas-Práticas de Fabrico,  a “Terra Verde”, em Alcochete, a “RPK Biopharma”, em Sintra e em Aljustrel, a “Sabores Púrpura”, em Tavira, e a “VF 1883 Pharmaceuticals”, em Benavente.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Suspensas buscas por desaparecido na Barragem de Montargil no Alentejo

As buscas pelo homem, de 33 anos, que desapareceu hoje na Barragem de Montargil, foram suspensas às 21:23, sem que tenha sido encontrado, e...

Morreu menina resgatada da Barragem de Montargil

A menina, de cinco anos, retirada ainda com vida da barragem de Montargil, no concelho de Ponte de Sor (Portalegre), acabou por morrer, disse...