Sábado, Janeiro 28, 2023
Pub

ICNF abre candidaturas para apoios a associações zoófilas e municípios

- Publicidade -
- Publicidade -

O Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) abriu as candidaturas para apoios no valor total de 12 milhões de euros destinados a associações zoófilas e municípios.

Segundo o ICNF, “todos os beneficiários, quer sejam municípios ou associações animais, deverão regularizar a inserção de dados relativos à esterilização e identificação de animais no Sistema de Informação de Animais de Companhia (SIAC) até 15 de outubro de 2022, para que possam ser recompensados, com retroativos, face às despesas realizadas entre 1 de outubro de 2021 e 30 de setembro de 2022”.

Só serão validadas as candidaturas apresentadas que tiverem a informação devidamente atualizada no SIAC.

“O Programa Nacional para os Animais de Companhia veio reconhecer a importância das associações zoófilas no controlo da população de animais errantes, nomeadamente através das parcerias estabelecidas com os municípios, e do acolhimento de animais cujos detentores se veem impossibilitados de manter. Neste contexto, importa apoiar estas organizações, enquanto parceiras na estratégia de promoção do bem-estar animal e controlo de animais errantes”, pode ler-se num comunicado.

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas determinou incentivos para o investimento nos centros de recolha oficial e do apoio para a melhoria das instalações das associações zoófilas legalmente constituídas, bem como para as campanhas de identificação, esterilização e ações de sensibilização para os benefícios da esterilização de animais de companhia.

Destacam-se, entre os incentivos, 7 000 000 € para investimento nos centros de recolha oficial de animais de companhia e no apoio à melhoria das instalações das associações zoófilas legalmente constituídas, 2 300 000 € para melhoria da prestação de serviços veterinários de assistência a animais detidos por famílias carenciadas e associações zoófilas, através de protocolos com os hospitais veterinários universitários e da criação de hospital público veterinário, 2 000 000 € para apoiar os centros de recolha oficial de animais e as associações zoófilas nos processos de esterilização de animais, no âmbito de uma campanha nacional de esterilização e 100 000 € para reforço das verbas destinadas a registo eletrónico de animais de companhia.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

- Publicidade -

Mais notícias

Prisão preventiva para dois detidos pela GNR após perseguição na A2 no Alentejo

Os dois homens detidos pela GNR, com droga, em Grândola (Setúbal), na quinta-feira, após uma perseguição a uma viatura que circulava na Autoestrada do...

A não construção do terminal ferroviário de mercadorias era “inaceitável para as pessoas e para a região”

Desde que se iniciou o projeto de construção da nova linha de ferrovia do Corredor Internacional Sul que liga Sines ao Caia, que os...