Homem de 60 anos apanhado em Odemira com cerca de 10 mil doses de canábis

A Guarda Nacional Republicana, através da Secção de Informações e Investigação Criminal, no passado dia 18 de novembro deteve um homem de 60 anos, por tráfico e cultivo de estupefacientes, em São Teotónio, no concelho de Odemira.

Segundo a GNR, “na sequência de uma investigação que durou dois meses, pelo crime de cultivo e tráfico de estupefacientes, foi possível apurar que o suspeito cultivava cannabis na sua residência e comercializava o produto na zona de Odemira e Lisboa.”

No decorrer da ação foi dado cumprimento a três mandados de busca, dos quais um à residência do suspeito e dois aos seus veículos, que culminou na apreensão do seguinte material:

– 9 600 doses de canábis;

– Uma caçadeira;

– Uma pistola de airsoft;

– Uma réplica de arma de fogo;

– Dois portáteis;

– Dois tablets;

– Dois telemóveis;

– Um veículo;

– 850 euros em numerário.

A Força de Segurança adianta ainda que, “no decorrer das buscas ainda foi apreendido diverso material utilizado na produção e preparação do estupefaciente, nomeadamente, produtos químicos, sistemas de ventilação, rega e calor, produtos esses que permitiam o total controlo da temperatura, exposição de luz e todos os elementos do cultivo, para promover uma colheita contínua.”

O detido foi hoje presente ao Tribunal Judicial de Odemira, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Esta ação contou com o reforço do Destacamento de Intervenção do Comando Territorial de Beja e do Núcleo de Investigação Criminal de Odemira.