Grupo Vila Galé investiu 3,5 milhões de euros em lagar de azeite, próximo de Beja

Resultante de um investimento de 3,5 milhões de euros, foi inaugurado este sábado (19 de Outubro) um lagar de azeite pela empresa Santa Vitória, do grupo Vila Galé.

O novo equipamento surge na propriedade de 1.620 hectares localizada perto de Beja, onde o grupo já tem a adega dos vinhos Santa Vitória e o hotel rural Vila Galé Clube de Campo.

Segundo a empresa Santa Vitória, “com esta aposta, e empresa reforça a sua posição na agricultura, setor no qual tem atividade desde 2002, mas também no agroturismo e enoturismo”, acrescentando que “atualmente, o olival da Santa Vitória estende-se por cerca de 200 hectares e entre as variedades de azeitona existentes estão a Galega, Cobrançosa, Cordovil, Picual, Arbequina, Koroneiki e Arbosana. Daqui resulta azeite virgem extra de alta qualidade, comercializado sob a marca Santa Vitória nos hotéis Vila Galé, em grandes superfícies e em lojas especializadas.”

Entre as principais caraterísticas do lagar, destacam-se:

– O pátio de receção de azeitona cuja linha de limpeza e lavagem pode processar 50 toneladas por hora;

– A sala de extração com equipamento que pode moer até 10 toneladas de azeitona por hora;

– A sala de depósitos com 35 depósitos de circulares com capacidade entre os 5.000 e os 30 mil litros;

– A linha de engarrafamento, capsulagem e rotulagem com cadência de 1.200 garrafas por hora.

Além da moderna tecnologia e da inovação, as boas práticas ambientais e a sustentabilidade também são preocupações da Santa Vitória. Por exemplo, neste lagar o caroço de azeitona que resulta da produção serve combustível à caldeira de aquecimento de água. Já as águas residuais são encaminhadas para fossas de decantação e depois aproveitadas para uso agrícola.