Grupo criminoso que assaltou caixas multibanco, nos distritos de Évora e Beja, começa a ser julgado na próxima semana

Justiça

Inicia-se na próxima semana, no Tribunal de Coimbra, o julgamento dos 13 arguidos suspeitos de pertencerem a um grupo que terá furtado mais de dois milhões de euros, em assaltos a mais de 80 caixas multibanco em todo o país e com recurso a explosões.

Os alegados crimes terão ocorrido entre Setembro de 2016 e Dezembro de 2017, altura que em esta rede foi desmantelada pela Polícia Judiciária.

O Ministério Público imputa aos arguidos os assaltos ocorridos nos distritos de Lisboa, Setúbal, Santarém, Évora, Beja, Leiria, Coimbra, Porto e Braga.

Segundo a acusação do Ministério Público o Grupo seleccionava “criteriosamente as caixas multibanco” e tinha preferência por um modelo antigo dos terminais.