Grândola: Lançado o concurso para construção de residencial para idosas vítimas de violência doméstica

Grandola

Depois de em 2020 o Governo ter anunciado a criação de três estruturas de acolhimento adequadas às necessidades específicas das mulheres idosas vítimas de violência doméstica, foi agora lançado o concurso para a construção de um equipamento no concelho de Grândola.

O procedimento agora lançado, pela Fundação padre Américo, refere-se à empreitada de construção da Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e tem um valor base de 1,4M€.

Com um prazo de execução de 425 dias, este equipamento terá uma capacidade de acolher 40 utentes.

De salientar que esta obra será cofinanciada por fundos comunitários através do programa Alentejo 2020.

Este projeto faz parte do projeto-piloto lançado pelo Governo, que vai a especialização técnica dos serviços de apoio a pessoas idosas e dos serviços de apoio a vítimas de violência doméstica, bem como acautelar a disponibilização de estruturas residenciais que não estejam limitadas ao acolhimento temporário ou transitório, e que sirvam situações de extrema dependência. Ao fazê-lo estão a responder às mulheres idosas, que são muitas vezes as mais invisíveis no sistema de prevenção e proteção de mulheres vítimas de violência doméstica.