Grândola: GNR apanha homem de 30 anos com 4 máquinas de jogo ilegal

Jogo ilegal em Grandola

A Guarda Nacional Republicana através do Posto Territorial de Grândola, no dia 7 de abril, identificou um homem de 30 anos por exploração de jogo ilegal, na localidade de Grândola.

Segundo a GNR, “na sequência de uma denúncia, os militares da Guarda deslocaram-se a um estabelecimento comercial, tendo verificado que no seu interior estariam a funcionar quatro máquinas de jogos de fortuna ou azar.”

Acrescenta a GNR que “os militares constataram ainda que duas máquinas atribuíam prémios monetários em numerário, que variavam entre os 5€ e os 200€. As máquinas foram apreendidas e reencaminhadas para o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogo (SRIJ).”

Por se tratar de uma situação reincidente, o proprietário do estabelecimento, foi constituído arguido e os factos foram reportados ao Tribunal Judicial de Grândola.

Os jogos de fortuna ou azar são aqueles cujo resultado assenta exclusiva ou fundamentalmente na sorte, sendo a sua exploração e prática apenas permitidas nos casinos e em locais devidamente autorizados e licenciados