Segunda-feira, Outubro 3, 2022
Pub

Governo prorrogou prazo de candidatura aos regimes VITIS e de comercialização

- Publicidade -
- Publicidade -

O Governo prorrogou o prazo de candidatura aos regimes de apoio à reestruturação e reconversão da vinha (VITIS) e transformação e comercialização de produtos agrícolas até, respetivamente, 24 e 31 de janeiro, face à pandemia de covid-19.

“Tendo em conta o atual contexto e as medidas adotadas para controlo da pandemia, o Ministério da Agricultura, no sentido de assegurar o acesso ao financiamento e boa execução dos fundos, decidiu prorrogar o prazo de candidatura dos seguintes regimes de apoio: Regime de Apoio à Reestruturação e Reconversão da Vinha (VITIS) – candidaturas serão aceites até 24 de janeiro –, e Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas (8.º anúncio) – candidaturas serão aceites até 31 de janeiro”, indicou, em comunicado.

O ministério liderado por Maria do Céu Antunes garantiu ainda que vai continuar a acompanhar a atividade do setor para assegurar a implementação das medidas de apoio necessárias.

Citada no mesmo comunicado, a ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, sublinhou que, desde o início da pandemia, o ministério que tutela “assumiu o compromisso de tudo fazer para garantir a previsibilidade aos agricultores e produtores”.

Neste sentido, a prorrogação agora anunciada “é mais um passo nesse sentindo, contribuindo para que ninguém fique para trás neste processo e no recurso a estes apoios”, acrescentou.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Alentejo: Entidade Regional de Turismo investe mais de 30m€ em caminhadas

A Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo vai investir mais de 30 mil euros na organização de um festival de caminhadas no...

Medidas de proteção e regeneração do solo são insuficientes, diz especialista

O presidente da Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo, Carlos Alexandre, considera que as atuais medidas de proteção e regeneração dos solos são insuficientes,...