Governo não proíbe vinda dos emigrantes no Verão, porque quer que venham para “apoiar na recuperação da economia”

O Governo, através do Ministério dos Negócios Estrangeiros, veio hoje a público negar que esteja proibida ou limitada a vinda de emigrantes no Verão, em particular para quem reside na Europa.

De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, “o objetivo do governo é que os emigrantes possam vir a Portugal no Verão para reencontrar as suas famílias e, como sempre têm feito, para apoiar na recuperação da economia.”

“No caso particular dos portugueses emigrados em países europeus, importa recordar que o espaço aéreo dentro da Europa permanece aberto, sendo expectável o gradual reforço das ligações aéreas no continente”, acrescenta ainda o Ministério.

O Governo garante que “está a trabalhar para assegurar que, em qualquer cenário de evolução da situação na fronteira terrestre, venha a ser possível aos portugueses residentes no estrangeiro e com outra residência ou familiares em Portugal deslocarem-se ao nosso país no período de férias de Verão.”