Governo disponibiliza 3 milhões de euros para agricultores afectados pela seca. Saiba os concelhos alentejanos abrangidos

O Governo, anunciou esta sexta-feira, que vai disponibilizar mais 3 milhões de euros na próxima segunda feira, dia 24 de junho, para apoiar os agricultores em dificuldades por causa da seca.

Segundo o Ministério da Agricultura, este montante destina-se a explorações situadas nos concelhos onde se verificam as condições meteorológicas exigidas pela regulamentação comunitária para que a medida possa ser acionada:

– Municípios em seca extrema – Albufeira, Alcoutim, Castro Marim, Faro, Loulé, Olhão, São Brás de Alportel, Tavira, Vila do Bispo e Vila Real de Santo António.

– Municípios em seca severa – Alandroal, Alcácer do Sal, Alcochete, Aljezur, Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Arronches, Barrancos, Barreiro, Beja, Benavente, Borba, Campo Maior, Castro Verde, Coruche, Cuba, Elvas, Estremoz, Évora, Ferreira do Alentejo, Grândola, Lagoa, Lagos, Mértola, Moita, Monchique, Monforte, Montemor-o-Novo, Montijo, Moura, Mourão, Odemira, Ourique, Palmela, Portel, Portimão, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Santiago do Cacém, Seixal, Serpa, Sesimbra, Setúbal, Silves, Sines, Vendas Novas, Viana do Alentejo, Vidigueira e Vila Viçosa.

Ainda segundo o Ministério liderado por Capoulas Santos, “o principal objetivo desta medida é promover a mitigação dos efeitos da seca extrema e severa como fenómeno climático adverso, através do apoio a investimentos específicos nas explorações em que a escassez de água compromete o maneio do efetivo pecuário, em particular o abeberamento dos animais e a manutenção das culturas permanentes instaladas. São elegíveis investimentos cujos montantes oscilem entre 1 000 e 40 000 euros. Todas as condições de acesso a este concurso podem ser consultadas em http://www.pdr-2020.pt”