GNR inicia esta 2ª feira uma operação de fiscalização intensiva de veículos pesados

Operação da GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR), inicia esta segunda-feira uma operação de fiscalização intensiva de veículos pesados.

De acordo com a GNR, esta fiscalização irá incidir nas “vias mais críticas à sua responsabilidade e onde se verifique um maior volume de tráfego deste tipo de veículos, de modo a promover a segurança rodoviária e a diminuição do risco de ocorrência de acidentes de viação.”

Para esta operação serão empenhadas as subunidades de trânsito dos Comandos Territoriais do Continente e da Unidade Nacional de Trânsito (UNT), na realização de ações coordenadas de fiscalização de veículos pesados.

Explica a GNR que “estas ações visam melhorar a sustentabilidade, a concorrência e as condições de trabalho em transporte rodoviário, através do cumprimento dos regulamentos existentes, com especial incidência nas matérias de manipulação e de Sistema de Redução Catalítica Seletiva (SCR), designadamente na deteção de situações de manipulação de sistemas que inibem a utilização de AdBlue, aumentando a eficácia e a qualidade dos serviços prestados pela Guarda aos utentes das vias.”

Segundo os dados disponibilizados pela GNR, nos anos de 2019 e 2020, a GNR registou 11.159 acidentes envolvendo veículos pesados, dos quais resultaram 14 vítimas mortais e 36 feridos graves, entre condutores e passageiros.