Quarta-feira, Setembro 28, 2022
Pub

GNR do Porto identificou oito pessoas por burlas com MB Way ocorridas na região de Évora

- Publicidade -
- Publicidade -

A GNR do Porto identificou oito pessoas, com idades entre os 33 e 61 anos, por crimes de burla através da aplicação MB Way nos distritos do Porto, Braga, Aveiro, Coimbra e Évora, informou hoje aquela força de segurança.

Em comunicado, a GNR esclareceu que os suspeitos, cinco homens e três mulheres, foram identificados na segunda-feira, no âmbito de uma investigação que decorria, por burla através da plataforma MB Way, realizada pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Porto da GNR.

Os militares da Guarda apuraram que os alegados burlões “abordavam as vítimas, convidando as mesmas para a criação de contas de MB Way, solicitando que estas lhes fornecessem os códigos de acesso das contas criadas, retirando posteriormente, elevadas quantias monetárias das contas bancárias das vítimas”.

“No decorrer das diligências policiais foi possível proceder à localização e identificação dos oito suspeitos, tendo sido efetuadas 18 buscas domiciliárias, nove em domicílios e nove em veículos, que culminaram na apreensão de diversos cartões bancários e outros documentos relacionados com atividade financeira e ainda diverso vestuário furtado”, refere a mesma nota.

Ainda segundo a GNR, os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Tomar.

A ação contou com o reforço dos Núcleos de Investigação Criminal (NIC) de Braga, Cantanhede, Évora e de Oliveira de Azeméis e com o apoio da Policia de Segurança Pública (PSP) do Porto.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Grupo LAPPÍ que criar em Vila Viçosa a maior gráfica de rótulos da Europa

O Grupo LAPPÍ, que há uns anos adquiriu a Gráfica Calipolense, tenciona realizar um investimento de 6 Milhões de euros no concelho de Vila...

Assembleia Municipal de Beja exige fibra ótica nas aldeias do concelho

A Assembleia Municipal de Beja (AMB) exigiu que as populações possam aceder à Internet de fibra ótica nas aldeias do concelho que já dispõem...