Sábado, Dezembro 3, 2022
Pub

GNR deteve indivíduo por suspeita de agredir companheira em Fronteira

- Publicidade -
- Publicidade -

A Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 4 de julho, deteve um homem de 52 anos por violência doméstica, no concelho de Fronteira.

De acordo com a GNR, “no âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o agressor exercia coação psicológica, ameaças e agressões contra a vítima, sua companheira de 47 anos.”

“Foi possível apurar-se ainda que existiram episódios de ameaças por parte do suspeito, tendo causado medo e inquietação na vítima. Após diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado de detenção”, acrescentou a GNR

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Fronteira, onde lhe foram aplicadas as medidas de proibição total de contactos com a vítima, por qualquer meio, e proibição de se aproximar da residência e local de trabalho da mesma.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Estremoz: Exposição de presépios de artesãos do concelho

Uma exposição com várias dezenas de presépios, feitos com diferentes materiais por mais de 20 artesãos do concelho de Estremoz, esta patente, na Galeria...

Desconto no ISP reduz-se em dezembro com queda dos preços dos combustíveis

O Ministério das Finanças anunciou hoje que em dezembro há uma redução do desconto do ISP em 3,9 cêntimos por litro de gasóleo e...