GNR detetou 40 aves detidas ilegalmente em cativeiro no concelho de Portalegre

As ocorrências da GNR

A Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Portalegre, nos dias 11 e 12 de junho, detetou 40 aves detidas ilegalmente em cativeiro, no concelho de Portalegre.

Segundo a GNR, “no âmbito de uma operação de fiscalização tendo em vista a proteção de espécies da vida selvagem com o intuito de prevenir, detetar e reprimir situações de tráfico, exploração, comercialização e detenção de espécies de fauna europeia, exóticas (CITES) e cinegéticas (caça) em cativeiro, os elementos do NPA fiscalizaram diversos criadores naquele concelho, tendo detetado 40 aves em situação ilegal, tendo sido apreendidas.”

No seguimento das diligências policiais foram elaborados quatro autos de contraordenação aos proprietários.

A Guarda Nacional Republicana, recorda que “através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), tem como preocupação diária a proteção dos animais, apelando à denúncia de situações de âmbito ambiental. Para o efeito, poderá ser utilizada a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) funcionando em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.”