Segunda-feira, Março 4, 2024

GNR detém homem em Odemira sobre quem pendia mandado de detenção europeu

- Pub -

Um homem, de 42 anos, sobre quem pendia um mandado de detenção europeu para extradição por crimes praticados na Alemanha, foi detido pela GNR, no concelho de Odemira, distrito de Beja, revelou hoje aquela força de segurança.

Em comunicado, a Unidade de Controlo Costeiro e de Fronteiras (UCCF) da GNR indicou que o homem foi detido na quarta-feira por militares do Grupo de Guarda de Fronteira, tendo sido dado cumprimento a um mandado de detenção europeu para extradição.

Segundo a UCCF, “no decorrer de uma ação de controlo de cidadãos estrangeiros em território nacional, os militares da Guarda identificaram um cidadão que tinha pendente um mandado de detenção europeu com pedido de extradição para a Alemanha, por crimes praticados naquele país, motivo que levou à sua detenção”.

A Lusa contactou o oficial de relações públicas da Unidade de Controlo Costeiro e de Fronteiras, capitão Carlos Cruz, no sentido de esclarecer os crimes praticados pelo homem, tendo afirmado apenas que é de nacionalidade alemã e que “praticou crimes contra a sociedade” naquele país.

O homem, de acordo com o comunicado, foi detido e presente, na sexta-feira, no Tribunal da Relação de Évora, onde lhe foi decretada a medida de prisão preventiva até à sua extradição.

Segundo o comunicado, o reforço das ações de controlo e de fiscalização da permanência em território nacional de cidadãos estrangeiros, no âmbito da Lei n.º 23/2007, de 04 de julho, tem sido uma das prioridades da GNR, no âmbito das novas atribuições do controlo de fronteiras em Portugal.

- Pub -

Também pode gostar

- Pub -

Últimas Notícias

Autarca de Reguengos de Monsaraz diz que faltam restaurantes para acolher tanto turista

A presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz, Marta Prates, aponta a “falta de estabelecimentos de restauração” como um...