GNR desmantela rede organizada de tráfico de droga que operava em Borba e Alandroal

apreensão da GNR em Alandroal e Borba

A Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Estremoz, hoje, dia 9 de junho, deteve cinco indivíduos, com idades compreendidas entre os 25 e os 60 anos, por tráfico de estupefacientes, nos concelhos de Borba e de Alandroal.

De acordo com a GNR, “na sequência de uma investigação por tráfico de produtos estupefacientes, que decorria há cerca de um ano, os militares da Guarda apuraram que os suspeitos atuavam de forma organizada e hierarquizada, adquirindo o produto estupefaciente fora do distrito de Évora, disponibilizando-o posteriormente aos consumidores locais e de outros concelhos, causando uma forte instabilidade social na comunidade local.”

Adianta ainda a GNR que “no decorrer das diligências policiais foi dado cumprimento a seis mandados de busca, cinco domiciliárias e uma em veículo, culminando no desmantelamento da rede de tráfico de estupefacientes naqueles concelhos e na apreensão de diverso material”.

Assim foi apreendido:

– 290 doses de cocaína;

– 100 doses de heroína;

– Dez doses de haxixe;

– Uma arma de fogo;

– Uma réplica de arma de fogo;

– Oito telemóveis;

– Uma balança de precisão;

– Um computador;

– 580 euros em numerário;

– Material usado no acondicionamento do produto estupefaciente.

A ação contou com o reforço da Unidade de Intervenção (UI), do Núcleo de Apoio Técnico (NAT), do Destacamento de Intervenção (DI), do Núcleo de Apoio Operativo (NAO), do Núcleo Digital Forense do Comando Territorial de Évora e da Equipa Cinotécnica de Estremoz.