GNR apreende armamento a indivíduo suspeito de violência doméstica em Estremoz

Apreensão de armas em Estremoz

A Guarda Nacional Republicana, através do Posto Territorial de Estremoz, no passado dia 12 de novembro, apreendeu armas no âmbito de um processo de violência doméstica, no concelho de Estremoz.

Segundo a GNR, “no âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito de 43 anos, ameaçava e coagia a sua esposa de 41 anos, de quem estava separado há mais de um ano.”

No decorrer das diligências policiais, foi dado cumprimento a cinco mandados de busca, uma domiciliária e quatro a veículos, tendo sido apreendido o seguinte material:

– Uma arma de caça calibre 12;

– Uma arma de defesa de calibre 7,65 mm

– 28 cartuchos calibre 12;

– 113 munições calibre 7,65 mm.

O suspeito já tinha sido constituído arguido no âmbito do processo, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Estremoz