GNR apreende 10 toneladas de cortiça furtada no concelho de Grândola e deteve seis homens já com antecedentes

A Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Grândola, no passado dia 7 de agosto, deteve seis homens com idades compreendidas entre os 26 e 57 anos, pelo envolvimento em vários furtos de cortiça no concelho de Grândola.

Segundo a GNR, “na sequência de uma investigação há cerca de três meses, os militares da Guarda deram cumprimento a seis mandados de detenção e cinco mandados de busca a uma rede que se dedicava ao furto de cortiça, sendo que os suspeitos têm já antecedentes relacionados com o tráfico de estupefacientes, furtos, condução ilegal e posse ilegal de armas.”

No seguimento das diligências policiais, destaca-se a apreensão do seguinte material:

– 10 136 quilos de cortiça amadia no valor estimado de 21.100 euros;

– Sete machados de tirar cortiça;

– Uma motosserra;

– Uma planta de cannabis;

– Uma espingarda;

– Uma carabina de ar comprimido;

– 62 cartuchos e munições;

– Dois veículos.

Os detidos foram presentes hoje, dia 10 de agosto, ao Tribunal Judicial de Setúbal, tendo, dois deles, ficado sujeitos à medida de coação de pulseira eletrónica, três com apresentações semanais e um com apresentações bissemanais no posto policial da área de residência.

A ação contou com o reforço do Destacamento de Intervenção (DI) de Setúbal e Santarém.