Domingo, Dezembro 4, 2022
Pub

Finerge compra à Tecneira central fotovoltaica em Alcácer do Sal

- Publicidade -
- Publicidade -

A Finerge anunciou hoje ter acordado com a Tecneira a aquisição de uma central fotovoltaica em Alcácer do Sal, com uma capacidade de 15 MWp (MegaWatt-pico) e que funcionará em mercado aberto, sem tarifa.

Com esta aquisição, cujo valor não foi divulgado, a Finerge diz aumentar a sua capacidade instalada em exploração “para 1.382 MW em Portugal e Espanha, passando a energia fotovoltaica a representar agora mais de 5% dos ativos da empresa”.

Em comunicado, a produtora de energias renováveis afirma ainda esperar, com este negócio, “passar a evitar a emissão de 1.661 quilotoneladas de CO2 [dióxido de carbono] para a atmosfera, face às 1.312 quilotoneladas que já evitou em 2020”.

“Continuamos a investir na diversificação do nosso portefólio de ativos, desta vez com uma aquisição que nos permite ir aumentando a nossa capacidade de produção de energia fotovoltaica, passando agora a contar com 17 centrais deste tipo, entre Portugal e Espanha”, afirma o presidente executivo (CEO) da Finerge, Pedro Norton, citado no comunicado.

Fundada em 1996, quando começou a desenvolver atividades de cogeração elétrica em Portugal, a Finerge é atualmente uma das maiores produtoras de energia renovável no país e a sexta maior operadora eólica da Península Ibérica.

A empresa emprega, direta e indiretamente, cerca de 200 colaboradores e opera nos vários níveis da cadeia de valor, desde a fase de conceção e desenvolvimento de projeto, passando pela construção até à exploração de centrais.

Através dos 679 aerogeradores instalados nas 56 centrais eólicas que explora e das 17 centrais solares fotovoltaicas de que dispõe em Portugal e Espanha, a Finerge tem atualmente “uma capacidade instalada de 1.382 MW [Megawatt], produzindo cerca de 3,2 TWh [Terawatt-hora) por ano e evitando a emissão de 1.661 kton [quilotoneladas] de CO2”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

A Universidade de Évora associa-se às comemorações do centenário do nascimento de José Saramago

Em 2022, completam-se 100 anos do nascimento de José Saramago, único prémio Nobel de língua portuguesa, doutor Honoris Causa pela Universidade de Évora com...

Beja acolhe workshop sobre os direitos do consumidor

Decorrerá em Beja, esta segunda-feira, um Workshop sobre “Os Direitos dos Consumidores”, realizado pela Serviço de Informação e Apoio ao Consumido (SIAC), Direção-Geral do...