Faleceu o guitarrista alentejano, Carlos Gonçalves

Faleceu, esta segunda-feira, o guitarrista Bejense Carlos Gonçalves. Um dos nomes maiores da guitarra portuguesa, tendo inclusive acompanhado Amália Rodrigues.

Carlos Gonçalves nasceu em Beja, a 3 de Junho de 1938, deixando a todos os amantes do fado, e da música em geral, uma obra inigualável e de incalculável valor.

O Museu do Fado destaca, no seu espaço cibernético, que “entre 1968/69, torna-se guitarrista de Amália Rodrigues, integrando o grupo liderado então por Fontes Rocha. A sua técnica e sensibilidade musical evidenciam-se na composição de diversos arranjos e de músicas para a voz da fadista, com especial destaque para “Lágrima” e “Grito“.”

A paixão pela guitarra portuguesa começou ao ouvir os programas “emitidos pela Emissora Nacional, através dos mestres José Nunes e Raul Nery, as suas referências fundamentais”.