Évora tem a partir de agora Centros de Responsabilidade Integrada de doenças cardiovasculares, oncológicas e de obesidade

Hospital de Évora

A partir deste mês de Julho, o Hospital do Espírito Santo de Évora tem em fase de implementação os Centros de Responsabilidade Integrada (CRI) Cardiovascular e Onco-Cirúrgico, inovadores no país, e de Cirurgia da Obesidade, único no sul de Portugal.

De acordo com declarações à Agência Lusa de Maria Filomena Mendes, Presidente do Conselho de Administração do HESE, “estes três CRI estão em fase de implementação, desde este mês, e aguardam inauguração oficial, o que se espera que ocorra muito em breve”.

Ainda segundo a Presidente do Concelho de Administração, as novas valências são “muito importantes” porque “cobrem áreas” nas quais se registam, no Alentejo, “os maiores níveis de mortalidade”, como são “as doenças cardiovasculares e as doenças oncológicas», assim como «um problema que afecta grande parte das pessoas, que é a obesidade”.

De salientar que este tipo de centros são constituídos por equipas multidisciplinares integrando médicos, enfermeiros, assistentes técnicos, assistentes operacionais, gestores e administradores hospitalares e outros profissionais de saúde, de acordo com a área ou áreas de especialidade. Constituem-se através de formas de organização flexíveis direccionadas para dar respostas céleres e de qualidade às necessidades dos utentes.