Évora: Sindicato dos Professores exige obras na Escola André de Gouveia

Escola André de Gouveia

O Sindicato dos Professores da Zona Sul (SPZS) exigiu que o Ministério da Educação dê, “urgentemente, início às obras de requalificação” da Escola Secundária André de Gouveia, em Évora, para garantir “as necessárias condições de segurança”.

A reclamação do SPZS surge após uma reunião mantida com a Associação de Pais do Agrupamento de Escolas André de Gouveia, que “manifestou as suas legítimas preocupações com a permanente degradação das instalações” da escola.

“Há muito tempo que é do conhecimento público e do Ministério da Educação” que estas instalações “se têm vindo a degradar” e, “no passado mês de agosto, caiu um bloco de cimento, com cerca de três metros, de um teto”, disse o sindicato, baseado em informações da associação de pais.

A direção do agrupamento “fez todas as diligências para que fosse elaborado um relatório técnico com o diagnóstico da extensão global dos danos estruturais da escola, que foi enviado ao Diretor-Geral dos Estabelecimentos Escolares”, mas, “até este momento, a associação de pais desconhece o conteúdo do relatório técnico”, lamentou.