Évora: Pintura mural coletiva evoca liberdade

Mural em Évora

Sete artistas visuais com ligações a Évora criaram uma pintura mural coletiva, denominada “A liberdade em Estado de Emergência”, que vai ser instalada na fachada do edifício do Mercado Municipal, divulgou hoje a câmara municipal.

O município indicou ter desafiado os sete artistas para uma criação coletiva “que convoque a liberdade em tempo de confinamentos físicos, simbólicos, presentes e futuros”, tendo como pano de fundo a pandemia de covid-19.

António Oliveira Tavares, Carlota Jardim, Cláudia Sofia, Gonçalo Gouveia, Joana Gancho, Pedro Fazenda e Sónia Godinho criaram o mural que, entretanto, foi retirado, para ser transformado num painel de azulejos e, posteriormente, instalado na fachada do mercado.