Évora não receberá Fases Finais do Campeonato de Desporto Universitário por falta de condições

Universidade de Évora

A Associação Académica da Universidade de Évora veio a público lamentar, esta semana, o facto da cidade de Évora não apresentar “condições” para a prática do desporto.

Segundo o presidente da Associação Académica, Henrique Gil, dada a falta de condições, a cidade de Évora não irá receber as Fases Finais do Campeonato de Desporto Universitário “que, infelizmente, foi atribuída a Leiria, mas concretamente ao Politécnico de Leiria com uma estreita relação e colaboração com o município local”, é referido num comunicado.

Henrique Gil diz que “este era um evento que se previa para o final de maio, onde durante duas semanas, as equipas apuradas a nível nacional iriam competir pelos títulos nacionais. Este era um evento que traria mais de 1500 pessoas à cidade de Évora, desde atletas, a técnicos, treinadores, delegados, dirigentes e outros.”

“Apesar da nossa ambição e esforço para apresentar uma proposta, Évora carece de condições. Évora apresenta-se como uma capital distrito repleta de atividade desportiva, atletas e clubes com vontade, mas sem condições que dignifiquem a cidade e o trabalho que se desenvolve nesta área”, lamenta.

O responsável conclui salientando que “estamos cientes de que o desporto carece de financiamento e que isso representa responsabilidade e tomadas de decisão, mas também carece de políticas e de vontade, e sem estas não será possível colocar no mapa Évora com o destaque merecido, como cidade promotora, potenciador, produtora de atletas, competitiva, que inveje e que faça muitos quererem cá ficar. Já não me refiro aos que poderiam vir.”