Évora: Homem de 37 anos detido por suspeitas de violência doméstica e abuso sexual de filha menor

A Guarda Nacional Republicana, através do Destacamento de Territorial de Grândola (Alentejo Litoral), no passado dia 3 de abril, deteve um homem, 47 anos, no decurso de uma ação de fiscalização rodoviária, pelo crime de falsificação de notação técnica, em Grândola.

De acordo com a GNR, “no decurso da fiscalização, foi possível averiguar que o veículo circulava com o tacógrafo viciado, estando a ser utilizado um equipamento magnético, o qual permitia adulterar os registos, levando à apreensão do veículo.”

A GNR recorda que “o tacógrafo é um aparelho de controlo, destinado a ser instalado a bordo dos veículos rodoviários para indicação, registo e memorização automática ou semiautomática de dados sobre a marcha desses veículos, assim como sobre tempos de condução e de repouso dos condutores”, acrescentando ainda que “este dispositivo pode ser analógico ou digital, equipando em regra os veículos pesados de mercadorias e de passageiros, não só em território nacional, mas também em todo o território regulado por acordos multilaterais do Espaço Económico Europeu.”