Segunda-feira, Março 4, 2024

Évora: Gala do NERE celebrou “o esforço, a coragem, a resistência dos empresários”, afirmou Ministra (c/fotos)

- Pub -

O NERE – Núcleo Empresarial da Região de Évora, realizou, esta sexta-feira, a I Gala Empresarial do NERE, que aconteceu numa unidade hoteleira da cidade e que contou com a presença da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

Um evento em que seis empresários e personalidades da região foram distinguidos com a atribuição do Prémio Reconhecimento Empresarial em seis categorias diferentes. Foram atribuídos nesta gala o Prémio Carreira Profissional ( José Manuel Noites – empresa Somefe), o Prémio Personalidade (Maria do Céu Ramos – Fundação Eugénio de Almeida), Prémio Investimento Externo (TE Eletronics), Prémio Startup NERE (Impact Commerce), Prémio Empresarial NERE (SEL – Salsicharia Estremocense) e Prémio Distinção (Évora Cidade Europeia da Cultura), foi ainda entregue uma distinção à Ministra da Coesão, Ana Abrunhosa.

As receitas da Gala reverteram na sua totalidade a favor da Associação “Chão dos Meninos”, que apoia crianças e jovens em risco e as suas famílias.

Tratou-se de “um momento de homenagem a todos aqueles que contribuíram para tornar o ecossistema empresarial do Alentejo Central mais dinâmico, resiliente e robusto”, explicou-nos Rui Espada, Presidente da Direção do NERE.

Dado o sucesso do evento, Rui Espada garantiu que “será para repetir”, pois, “é bastante importante tanto para o NERE, como para os empresários, termos esta união aqui de gerações e de famílias, que nos acompanham desde o início e é com eles que nós trabalhamos diariamente.

Rui Espada deixou claro que o que se fez nesta gala “foi um reconhecimento mútuo, ou seja, a associação que reconhece as pessoas que trabalham connosco e que nós ajudamos, como os próprios empresários, perceberem que o NERE nunca se esquece deles e que estamos cá presentes para as dificuldades, para o bem e para o mal, estamos sempre disponíveis.

Já sobre o facto do NERE ser exemplo a nível nacional, o responsável frisou que “é resultado de um trabalho que temos vindo a desenvolver nos últimos 13 anos que tem dado os frutos e está à vista também no nosso centro de negócios que criámos. Neste momento são 65 empresas com cerca de 240 pessoas a trabalhar diariamente num local em que há 12 anos trabalhava simplesmente o secretariado do NERE”.

Já a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, salientou que esta gala foi “o celebrar a inovação que se faz nas empresas desta região e para também para conhecer melhor as empresas, pois, estamos a falar de uma região onde já temos algum dinamismo económico, onde temos que continuar a valorizar e a dar vários exemplos desse dinamismo económico”.

Neste evento “celebrou-se sobretudo o esforço, a coragem, a resistência dos nossos empresários e o seu mérito”.

Apesar das crises que o país tem atravessado nos últimos anos, Ana Abrunhosa considera que “há um ecossistema muito interessante e que mesmo em pandemia, mesmo com elevadas taxas de inflação e elevadas taxas de juro, mesmo em guerra, há mérito”, nas empresas da região.

Apesar das dificuldades continuamos a ter os nossos empresários a investir, a contratar, a pagar melhor salários e a exportar mais, por isso, vivam os empresários de Évora e vivam todas”, concluiu a governante.

Fique de seguida com as imagens desta gala, numa reportagem de Hugo Calado:

- Pub -

Também pode gostar

- Pub -

Últimas Notícias

Autarca de Reguengos de Monsaraz diz que faltam restaurantes para acolher tanto turista

A presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz, Marta Prates, aponta a “falta de estabelecimentos de restauração” como um...