Estremoz vai apresentar projeto que pretende plantar 4 mil árvores no concelho

Projeto Além Risco

Como já noticiámos, no Alentejo já decorre um projeto que tem como objetivo plantar cinquenta mil árvores nos aglomerados urbanos do distrito de Évora, reduzindo o efeito de “ilha de calor” por eles criados.

O projeto “Além Risco” já foi apresentado no concelho de Alandroal e vai ser agora lançado no concelho de Estremoz onde se prevê que sejam plantadas 4000 árvores.

De acordo com a informação disponibilizada, o projeto será apresentado no próximo dia 11 de agosto, pelas 18:30 horas, no Jardim Municipal, com a oferta simbólica de uma árvore a cada participante.

Recorde-se que o projeto “Além Risco” visa reforçar a capacidade de adaptação das populações locais do Alentejo aos efeitos do aumento da magnitude, frequência e duração de ondas de calor.

Este projeto, financiado pelo EEA Grants, apoiado pela Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central e a Fundação Calouste Gulbenkian, pretende envolver os cidadãos na plantação de cinquenta mil árvores nos aglomerados urbanos do distrito de Évora, reduzindo o efeito de “ilha de calor” por eles criados.

Para Estremoz, até janeiro de 2023, está prevista a plantação de 4000 árvores: 3000 árvores a plantar em articulação com o município e, pelo menos, 1000 a ceder aos cidadãos e entidades a distribuir através da campanha “Quero Árvores”, cujo início está previsto para este outono, em datas ainda a anunciar.