Domingo, Dezembro 4, 2022
Pub

Estremoz: Núcleos museológicos passam a ter um bilhete único

- Publicidade -
- Publicidade -

Os núcleos museológicos de Estremoz passam, a partir de dezembro, a ter um bilhete único.

O Museu Municipal de Estremoz, o Centro Interpretativo do Boneco de Estremoz, Centro Interpretativo da Convenção de Evoramonte, Torre/Paço Ducal de Evoramonte e o Museu Berardo de Estremoz, vão puder ser visitados a partir de 01 de dezembro com largos descontos e unidos por um só ingresso, designado por “Estremoz Museus Total”.

O bilhete individual nesta modalidade de bilhete terá o custo de 6,50 euros e o de grupos de 10 visitantes (inclusive) a 50 euros. Este bilhete tem a validade de um ano, pelo que o visitante usufruirá do mesmo na medida da sua disponibilidade.

A autarquia explicou ainda que “alargaram-se ainda as isenções de compra de ingresso a pessoas com deficiência e/ou mobilidade condicionada, para além das já existentes, como as que compreendem crianças com idade inferior a 12 anos (inclusive), sócios da APOM, ICOM e a visitas de estudo (professores e alunos de qualquer grau de ensino oficial).”

Mantém-se a abertura gratuita das salas de exposição temporária, designadamente a Sala de Exposições do Museu Municipal, Galeria Municipal D. Dinis, Sala de Exposições da Temporárias da Torre/Paço Ducal e Sala de Exposições “Tomaz Alcaide” do Teatro Bernardim Ribeiro, salientou ainda a mesma fonte.

Com esta iniciativa, o município estremocense pretende “fomentar as visitas a estes espaços, promover a função social da cultura e o conhecimento do património musealizado, bem como trabalhar ativamente no desenvolvimento turístico do concelho, nomeadamente na circulação dos visitantes e permanência dos mesmos em Estremoz.”

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Alentejo: Organização do festival “Futurama” garante a realização em 2023

Depois de em outubro a 1.ª edição do Festival Futurama ter apresentado no Baixo Alentejo 52 artistas, que participaram em 35 atividades nas localidades...
00:06:25

Vila Viçosa: “A Casa Florbela Espanca quer ser um meio para celebrar o mundo das artes” (c/vídeo)

Está a nascer, em Vila Viçosa, no distrito de Évora, um local que pode vir a ser uma residência artística inspirada na poetisa Florbela...