Estremoz: Empresa SEL conclui investimento de 1,5M€ e torna-se pioneira em fatiar charcutaria tradicional

Salchicharia estremocense

A empresa estremocense “SEL – Salsicharia Estremocense” anunciou, esta semana, a conclusão da uma unidade de fatiagem, que a torna assim pioneira na apresentação de charcutaria tradicional em formato fatiado.

A SEL, conhecida pela sua charcutaria de Porco Preto de Campo e Presunto VARANEGRA, produz cerca de 25mil kg de charcutaria por semana, encontrou uma forma mais cómoda e económica de fazer chegar os seus produtos aos consumidores.

A empresa avançou com a criação de uma unidade de fatiagem, o projeto foi realizado junto à empresa SEL na cidade de Estremoz – Alentejo, um investimento de um milhão e quinhentos mil euros.

Segundo os responsáveis da empresa, o “objetivo é adaptar às novas tendências de mercado e dos consumidores, apresentar o seu produto em vários formatos”, acrescentando que pretende-se assim “reforçar, melhorar e diversificar a sua oferta ao mercado no que respeita aos produtos de charcutaria tradicional.