Segunda-feira, Setembro 26, 2022
Pub

Ervideira vendeu mais de 100 mil garravas de vinho Invisível

- Publicidade -
- Publicidade -

Depois de ter sido apresentado a 1 de abril, como já é tradição, a Ervideira anunciou que esgotou o stock do vinho Invisível.

No total, foram vendidas perto de 110 mil garrafas daquele que é já um vinho de referência a nível nacional e que se tem vindo a dar a conhecer cada vez mais nos mercados internacionais.

O Invisível, “blanc de noir” produzido pela Ervideira desde 2009, conta com um total de 13 edições. Quando foi lançado pela primeira vez foram disponibilizadas 9.000 garrafas para o mercado. A produção tem vindo a aumentar, graças aos vários investimentos da empresa em plantar novos hectares de Aragonez – casta que dá vida a este vinho – tendo, na sua 13ª edição, em 2022, produzido mais de 100.000 garrafas. Contabilizando as 13 edições, a empresa ultrapassa as 750 mil garrafas de Invisível produzidas.

Tínhamos grandes expectativas para este ano com o Invisível, mas não esperávamos uma rutura de stock cerca de cinco meses depois. Ainda antes da apresentação, a 1 de abril, já tínhamos vários pedidos, garantindo desde logo a venda de 25.000 unidades”, refere o Diretor Executivo da Ervideira.

Sem mais garrafas de Invisível disponíveis, Duarte Leal da Costa olha agora para o futuro: “há sempre um risco que se corre ao fazer projeções, sobretudo antes das vindimas, mas para 2023 o nosso objetivo será produzir 125.000 garrafas de Invisível, pois a produção na vinha, vai limitar-nos a produção em adega”.

A performance do Invisível no mercado contribuiu para que no primeiro semestre de 2022, a Ervideira registasse 1,2 Milhões de Euros de faturação, um crescimento de 30% em relação à média dos últimos seis anos. Este valor supera ainda o total atingido em períodos homólogos nos seus melhores anos: 2018 e 2019.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

OVNI’s no Alentejo? Não, era só a corrente de satélites do programa Starlink

A corrente de satélites do programa Starlink, da empresa SpaceX, de Elon Musk, passou este domingo pelos céus do Alentejo, tendo surpreendido os mais...

Produtos de Bebé: o que é e o que não é reciclável

Muitos são os produtos que se compram e se utilizam para cuidar de um bebé. Mas, será que sabemos o que fazer-lhes depois de...