Ensino Superior: Mais de 1850 novos estudantes foram colocados no Alentejo, na 1ª fase de acesso

Ingresso no ensino Superior
Foto: D.R

Foram divulgadas, este domingo, as colocações da 1ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao ensino superior, tendo sido colocados 50.964 estudantes no ano letivo de 2020-21.

Com este número, prevê-se que se inscrevam no ano letivo que agora começa cerca de 95 mil novos estudantes no ensino superior público e privado, incluindo cerca de 73 mil estudantes nos cursos de licenciatura e mestrados integrados e mais de 9,5 mil estudantes em formações curtas de âmbito superior (i.e., cursos técnicos superiores profissionais, TESP’s). Estes valores são estimados pela Direção-Geral do Ensino Superior com base nos resultados da 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA) e nas estimativas das instituições de ensino superior para as demais vias de ingresso, hoje divulgados.

No que diz respeito ao Alentejo, foram colocados nos estabelecimentos de ensino superior 1857 novos estudantes. Estes novos estudantes são ser distribuídos pela Universidade de Évora, pelo Politécnico de Portalegre e pelo Politécnico de Beja.

No Alentejo foi o curso de enfermagem que registou mais colocações tanto na Universidade de Évora, como no Politécnico de Portalegre. Já no Politécnico de Beja, foi o curso de Serviço Social que mais alunos colocou.

Decorre agora, entre dia 28 de setembro e 9 de outubro a apresentação das candidaturas à 2.ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público de 2020, estando disponíveis pelo menos 6050 vagas. No Alentejo, ficam disponíveis para a 2ª fase 743 vagas.

Fique de seguida com todos os dados: (clique nas imagens para ampliar)

Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior