Empresas que consumam mais de 550 mil litros de gasóleo/ano obrigadas a realizar uma auditoria energética, alerta ANTRAM

Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) anunciou esta semana que irá, com os seus associados, apostar na eficiência energética.

A referida associação lançou, ainda em 2018, o curso em “Condução Eficiente”, que inclui técnicas de condução defensiva, económica e ambiental e se distingue pela monitorização dos comportamentos de condução.

Esta formação em “Condução Eficiente” deverá poderá ser um investimento que as empresas de transporte poderão fazer ao longo de 2019, com impacto significativo nos consumos da frota.

Pois será feita “uma análise detalhada do perfil individual de condução em contexto real de trabalho, com a ajuda de um equipamento eletrónico de análise que emite relatórios individuais por sessão, permite medir parâmetros essenciais como tempo de percurso, consumo médio e estilos de condução”, bem como será feito um “acompanhamento na mudança de comportamentos e o alerta para técnicas de condução mais eficientes e seguras permitem uma redução significativa e sustentável do consumo de combustível.”, refere a ANTRAM em comunicado.

A ANTRAM alerta ainda que as “empresas consumidoras de mais de 550 mil litros de gasóleo/ano estarem obrigadas a realizar uma auditoria energética e planos de racionalização de consumos de energia, que estabeleçam metas de redução de consumos por períodos de três anos”, sendo que com este serviço disponibilizado pela ANTRAM, permite que as empresas consideradas consumidoras intensivas de energia, “cumpram as obrigações legislativas previstas no Regulamento da Gestão do Consumo de Energia (RGCE).”