Terça-feira, Agosto 16, 2022
Pub
Pub

Empresa produtora de azeite alentejano lança programa de apoio à Formação Profissional

- Publicidade -
- Publicidade -

A Sovena e a Fundação Amélia de Mello (FAM) uniram-se para apoiar e incentivar a Formação Profissional, em parceria com escolas das comunidades envolventes à atividade do Grupo.

A empresa produtora de azeite no Alentejo e a Fundação vão lançar um programa com a duração de três anos, que irá distinguir e valorizar esta formação e garantir a igualdade de oportunidades no acesso a estágios e à entrada na vida ativa da população escolar.

O programa vai contemplar bolsas de estágio com prémios de mérito para os alunos com maior dedicação e empenho na sua formação, prémios específicos nas categorias Industrial Future e Future Agribusiness, e um concurso anual para o melhor projeto de inovação e empreendedorismo.

Para Jorge de Melo, CEO da Sovena, “a Formação Profissional tem-se apresentado, cada vez mais, como uma escolha de futuro onde, à medida que os jovens aprendem uma profissão, têm a possibilidade de escolher o melhor caminho para o seu desenvolvimento. Na Sovena valorizamos a Formação Profissional e queremos incentivar um futuro com mais qualificação e oportunidades”. Segundo o responsável, “a formação profissional é fundamental para o desenvolvimento empresarial de Portugal, elevando o nível de qualificação e especialização que conduzem a perspetivas de transição e melhor enquadramento na vida ativa”.

Manuel Alfredo de Mello, vice-presidente da Fundação Amélia de Mello, afirma que “o apoio à formação dos alunos do ensino profissional é um objetivo que decidimos implementar por 2 razões: em primeiro lugar, como um sinal à sociedade da importância que o mesmo tem; um segundo aspeto, como prémio de mérito aos alunos desta área de ensino que costuma ser descurada, algo que está na linha dos apoios que damos aos alunos de elevado desempenho escolar”.

No âmbito desta parceria, a Sovena e a Fundação Amélia de Mello irão estabelecer protocolos com cinco escolas profissionais do país, tendo sido já celebrados os protocolos com a ATEC- Academia de Formação, o Agrupamento de Escolas nº 3 de Elvas e a EPED- Escola Profissional de Educação para o Desenvolvimento.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Mulher de 28 anos é vítima mortal de colisão no concelho de Grândola

Uma mulher, de 28 anos, é a vítima mortal da colisão rodoviária de dois veículos ligeiros de passageiros ocorrida esta segunda-feira na Estrada Nacional...

Um morto e dois feridos graves em colisão na EN261 no concelho de Grândola

Uma pessoa morreu e outras duas sofreram ferimentos graves numa colisão entre dois veículos ligeiros de passageiros ocorrida esta segunda-feira na Estrada Nacional 261...