Empresa espanhola anuncia mais 1300 hectares de amendoal no Alentejo e procura investidores

Amendoa

A empresa espanhola Iberian Smart Financial Agro (ISFA) anunciou, recentemente, que em 2021 vai continuar a investir no Alentejo, nomeadamente na produção de amêndoa.

No ano de 2020, a ISFA lançou os seus primeiros 1.050 hectares de cultivo, sendo os primeiros 600 hectares numa quinta no Alentejo, na zona de influência da barragem de Alqueva e o segundo investimento, numa herdade de 450 hectares na zona da localidade de Belmez.

Para o ano de 2021, a empresa espanhola pretende aumentar a sua produção, plantando mais 1300 hectares no Alentejo, estando também projetado um novo núcleo de plantação na Extremadura espanhola.

“É nossa meta chegar a 5 mil hectares em 2023, com um investimento total de 150 milhões de euros”, afirma Iker Baró, sócio da ISFA.

O empresário explica que os projetos da empresa são desenvolvidos em herdades irrigadas por meio de arrendamento de longa duração.

A empresa está agora a procurar investidores interessados, pois, segundo é explicado, por cada projeto é criada uma sociedade, que pode ser integrada por vários investidores. Para integrar esta sociedade, cada investidor terá de pagar no mínimo 200 mil euros.