Em três meses já morreram 14 pessoas nas estradas do Alentejo, o dobro relativamente ao ano passado

Foto: Correio da Manhã

Desde o início do ano já perderam a vida nas estradas do Alentejo 14 pessoas, o dobro do número de mortes no mesmo período do ano passado, segundo os dados da Autoridade de Segurança Rodoviária.

Nos primeiros três meses deste ano já se registaram no Alentejo 1182 acidentes rodoviários, tendo o distrito de Beja registado 481 acidentes, 430 em Évora e 271 em Portalegre, registando-se assim mais 449 acidentes que em período homólogo.

No que concerne a número de mortos, de acordo com os dados agora divulgados, foi o distrito de Beja que registou mais mortos, 6, seguindo-se Portalegre com 5 mortos e depois Évora com 3 vítimas mortais. De salientar que nos primeiros três meses do ano passado apenas se tinha registado 7 mortos.

Também o número de feridos graves aumentou, comparativamente com o mesmo período do ano passado, registando-se mais 12, pois nos primeiros três meses de 2019 registaram-se 41 feridos graves, sendo 13 no distrito de Beja, 15 em Évora e 13 em Portalegre.