Em 2020, RESIALENTEJO recebeu 5,1 Toneladas de resíduos de embalagens de 8 concelhos do Baixo Alentejo

ResiAlentejo

Em 8 concelhos do distrito de Beja, em 2020 foram recolhidas 5,1 toneladas de resíduos de embalagens, revelou esta segunda-feira a RESIALENTEJO, empresa de tratamento e valorização de resíduos nos concelhos de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa.

De acordo com os dados apresentados, em 2020 a RESIALENTEJO recebeu cerca de 5.140 toneladas de resíduos de embalagens representando um aumento de mais de 616 toneladas (13,6%), em relação a 2019.

Em termos de materiais recolhidos, os resíduos de papel/cartão foram os mais recolhidos com 2.033 toneladas (mais 283 toneladas que em 2019), logo seguido do plástico/metal com 1.752 toneladas (mais 239 toneladas que em 2019) e o vidro com 1.354 toneladas (mais 93 toneladas que em 2019).

Estes resultados são o reflexo do comportamento ambiental dos cidadãos dos 8 concelhos servidos pela RESIALENTEJO (Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa), e resultam dos investimentos preconizados pela RESIALENTEJO e Municípios na recolha de proximidade e em campanhas de sensibilização, apoiados pelo POSEUR.