Elvas: Indivíduo apanhado pela GNR com 2 porcos espinho africanos ilegalmente em cativeiro

Porcos espinho em Elvas

A GNR resgatou dois espécimes de porco espinho africano que estavam em cativeiro de forma ilegal, no concelho de Elvas, no distrito de Portalegre, foi hoje anunciado.

De acordo com o Comando Territorial de Portalegre da GNR, no decorrer de uma ação de patrulhamento, na segunda-feira, os elementos do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) efetuaram uma ação de fiscalização numa propriedade onde detetaram os porcos espinho africanos.

A GNR relembra que esta espécie consta da listagem da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES) e cuja detenção carece de autorização prévia.

No decorrer da operação foi identificado o proprietário dos animais e elaborado um auto de contraordenação, tendo sido os dois animais entregues no Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).