Elvas: ICNF resgatou 90 cães e gatos por falta de condições

Resgate de animais Elvas

O Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) revelou que, na passada sexta-feira, resgatou 90 animais, 54 cães e 36 gatos, a viver em condições que violavam as normas de bem-estar animal, em Elvas.

Segundo o ICNF, no passado dia 1 de outubro, a GNR de Elvas, relatou ao ICNF a “existência de uma denúncia de mais de uma centena de animais de companhia com suspeitas de maus-tratos, num alojamento em Elvas”.

Após recebido a denúncia o Instituto “deslocou de imediato para o local a Diretora do Departamento de Bem-estar Animal e uma equipa de Vigilantes da Natureza. Dada a circunstância de o Município de Elvas não ter em funções Médico Veterinário Municipal, o ICNF solicitou a colaboração do Município de Campo Maior no sentido de poder disponibilizar o apoio da sua Médica Veterinária Municipal”

Relata agora o ICNF que “tendo a proprietária autorizado a entrada no espaço, foi verificada a existência de vários animais, cães e gatos, em condições bastante insalubres e em incumprimento das normas de bem-estar animal. A detentora consentiu, que após avaliação médico-veterinária e na sua presença, fossem retirados os animais que estivessem em piores condições.”

“Os médicos veterinários presentes, do ICNF, município de Campo Maior e IRA, apoiaram e deram assistência médico-veterinária à apreensão imediata dos animais que se encontravam em piores condições de saúde e de alojamento, pelo Órgão de Polícia Criminal responsável pelas diligências – a GNR – nomeadamente os animais alojados em transportadoras e em escuridão permanente, num total de 90 animais: 54 cães e 36 gatos. Haverá lugar a nova intervenção para verificação da situação dos restantes animais que ficaram no local e cuja detentora foi nomeada fiel depositária”, adiantou ainda o ICNF.

A organização denunciante – Associação de Intervenção e Resgate Animal (IRA), foi nomeada fiel depositária dos 90 animais que foram retirados do local. O caso foi participado ao Ministério Público.