Edifício da Segurança Social de Elvas irá albergar Serviço de Hospitalização Domiciliaria

Assinatura de mais uma obra em Elvas

A Câmara Municipal de Elvas irá adaptar o primeiro piso de edifício da Segurança Social, para conseguir albergar o Serviço de Hospitalização Domiciliaria, da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), num ato que consiste num investimento de 70 mil euros.

O ato de consignação da empreitada decorreu esta terça-feira no salão nobre dos Paços do Concelho e consta um prazo de 60 dias incluindo a implementação de vários compartimentos, aplicando-se paredes divisórias e tetos em pladur; reparação da cobertura e pavimentos; execução de instalações sanitárias e vestiários; instalação de redes de abastecimento de água, esgoto, eletricidade; rede de telecomunicações; e pintura de todo o edifício, interior e exterior.

O presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, explicou que esta obra vai permitir é “criar condições para que, em vez de serem os utentes a ir ao hospital, sejam os profissionais de saúde a ir a casa do doente”. Por isso, o autarca afirma que pretende “criar essas condições de retaguarda aos profissionais de saúde, que já andam no terreno e sentem algumas dificuldades, por não terem um espaço próprio para o efeito”.

O presidente do Conselho de Administração da ULSNA, Joaquim Araújo, adiantou que este serviço já existia anteriormente, mas que só agora terão à sua disposição “uma Infraestrutura que permite dar condições para que possam trabalhar” e que precisam de um espaço “onde se sintam autónomos para poderem gerir as suas tarefas”. Este responsável acaba a agradecer à autarquia por este projeto que é pioneiro a nível nacional.